terça-feira, 26 de abril de 2016

Campanha virtual por cassação de Cunha será entregue a Conselho de Ética com 1,3 mi de assinaturas

A Avaaz, organização internacional conhecida por promover abaixo-assinados virtuais e campanhas de combate à corrupção, entregará, na terça-feira (26), ao Conselho de Ética da Câmara dos Deputados, um documento simbólico com mais de 1,3 milhão de assinaturas pedindo a cassação do mandato do presidente da Casa, Eduardo Cunha (PMDB-RJ).
A campanha virtual contra Cunha começou em 22 de outubro, porém ganhou força após a votação do impeachment da presidente Dilma Rousseff (PT) na Câmara, no dia 17 de abril. Para evitar que Cunha, após entregar o impeachment na Câmara, fosse "anistiado" pelos colegas parlamentares, a população aderiu à campanha e a soma de assinaturas saltou para mais de 1,2 milhão em quatro dias.
Coordenador de campanha da Avaaz, Diego Casaes reconhece que a campanha não tem valor jurídico, mas de mobilização social. "A petição tem valor de pressão popular. São pessoas por trás da assinatura e que têm direito a voto", afirmou.
A campanha da Avaaz já atingiu uma das maiores mobilizações virtuais do País, ficando atrás atualmente de uma ação contra a redução da velocidade de internet fixa, que arregimentou 1,6 milhão de assinaturas.
A campanha continuará aberta para adesões de internautas, a meta é reunir 2 milhões de assinaturas pela cassação do deputado.
Via CearaNews7

Nenhum comentário:

Postar um comentário