domingo, 19 de junho de 2016

Abin confirma mensagens em português do Estado Islâmico para atrair brasileiros

A Agência Brasileira de Inteligência (Abin) afirmou que terroristas do Estado Islâmico estariam difundindo mensagens de radicalização para o público brasileiro, por meio do aplicativo Telegram, tentando atrair novos membros.
Segundo a agência, a doutrinação extremista, difundida em língua portuguesa, torna mais complexo o combate ao terrorismo e “representa facilidade adicional à radicalização de cidadãos”. O órgão de segurança também informou que o Estado Islâmico tem usado essa técnica em outros países para “ampliar o alcance de suas mensagens de radicalização”, em especial, aos jovens.
(Agência Brasil)

Nenhum comentário:

Postar um comentário