terça-feira, 5 de julho de 2016

CAMOCIM TÊM BAIXA UMIDADE RELATIVA DO AR


Uma massa de ar seco sobre quase todo o Brasil está fazendo com que o Ceará registre baixos índices de umidade relativa do ar tanto no interior como no litoral. Na semana passada, a Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme) registrou apenas 30% de umidade relativa do ar mínima em Fortaleza e somente 14% em Jaguaribe, níveis considerados de “Atenção” e “Alerta” pela Organização Mundial da Saúde (OMS).
Não é comum termos níveis tão baixos assim em cidades litorâneas do Ceará, mas a massa de ar seco sobre o País está inibindo a formação de nuvens em todo o Estado e a consequência é a queda da umidade. A população deve ficar atenta e tomar os cuidados necessários.
A Organização Mundial da Saúde (OMS) considera como ideal a umidade do ar acima de 60%. É considerado estado de observação os níveis de 40% a 31%. Quando a umidade cai abaixo dos 30%, há estado de atenção. Se a umidade atingir níveis entre 20% e 12%, é decretado o estado de alerta

Fontes: Assessoria de Comunicação da Funceme, OMS e Ministério da Saúde

Nenhum comentário:

Postar um comentário