terça-feira, 23 de agosto de 2016

NA MIRA DA JUSTIÇA ELEITORAL, EUVALDETE FERRO INICIA SUA CAMPANHA EM CAMOCIM

O início da campanha eleitoral em Camocim foi considerado tranquilo, se comparado a pleitos anteriores ocorridos na cidade. 

No ultimo sábado (20), a candidata a reeleição Mônica Aguiar(PDT), inaugurou seu comitê de campanha no centro da cidade, marcando seu primeiro grande ato. O candidato de terceira via Paulo da Funerária(PRB), se mobiliza com carros de som pelas ruas da cidade e agendou para esta quarta-feira (24), a inauguração do seu comitê na rua independência no centro da cidade.  

Porém, após uma semana do início oficial da campanha, a candidata de oposição Euvaldete Ferro, vê sua candidatura ameaçada, temendo que a mesma seja cassada pela Justiça Eleitoral. Contra ela pesa 3 contas desaprovadas sendo uma com nota de improbidade administrativa, o que a torna inelegível, segundo a lei da ficha limpa. Na ultima quinta-feira (18), o Ministério Público Eleitoral, representado pelo promotor Dr. Evânio Pereira de Matos, moveu ação que pede a impugnação de seu registro de candidatura. A peemedebista já substituiu seu vice na chapa majoritária, saiu Régis da Ipu que teve nome incluído na lista dos "ficha sujas" do Tribunal de Contas dos Municípios (TCM) e entrou o professor Mário Roberto(PSB), atual vice. 

Com 3 postulantes na disputa, a cidade vive um clima de aparente tranquilidade, depois das novas regras eleitorais que impôs limites na veiculação de propaganda de rua. As decisões importantes da corrida eleitoral, no momento, seguem na esfera jurídica.   

Foto: Divulgação/Reprodução Facebook

Nenhum comentário:

Postar um comentário