quarta-feira, 14 de setembro de 2016

GOVERNADORES DE 14 ESTADOS AMEAÇAM DECRETAR CALAMIDADE FINANCEIRA

Governadores de pelo menos 14 estados do Norte, do Nordeste e do Centro-Oeste ameaçaram decretar situação de calamidade financeira, caso o governo federal não conceda a ajuda de R$ 7 bilhões para repor as perdas com os repasses federais. Por cerca de duas horas e meia, eles se reuniram com o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, e pressionaram pela concessão de um auxílio para compensar a queda de receitas.
No Facebook, o governador Camilo Santana anunciou a sua participação na reunião. “Nesta tarde, em Brasília, participei de reunião com os governadores do país e o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles. Tratamos, entre outros assuntos, sobre a compensação para os estados que não foram beneficiados pela renegociação das dívidas estaduais”.

De acordo com os governadores, o objetivo é que os 14 estados soltem uma nota conjunta na próxima semana para alertar o governo federal. Caso a ajuda não seja concedida, eles pretendem decretar o estado de calamidade financeira, como o Rio de Janeiro fez em junho. Do Nordeste, apenas Ceará e Maranhão não tomariam a medida.

Com Agências

Nenhum comentário:

Postar um comentário