terça-feira, 29 de novembro de 2016

AVIÃO COM EQUIPE DA CHAPECOENSE CAI NA COLÔMBIA

O avião que transportava o time da Chapecoense a Medellín caiu na madrugada de hoje por “falhas elétricas”, no noroeste da Colômbia, onde o time catarinense disputaria a primeira partida da final da Copa Sul-Americana.
As autoridades anunciaram que até agora foram encontrados cinco sobreviventes. As informações são de que havia 81 pessoas a bordo, entre jogadores, jornalistas e dirigentes.
A aeronave foi reportada como desaparecida às 21h30 (23h30 de Brasília) e o acidente foi registrado a cerca de 22h34 (23h34)”, informou à AFP um porta-voz da Aviação Civil.
O avião da empresa Lamia saiu do aeroporto de Guarulhos, em São Paulo, fez uma escala em Santa Cruz de la Sierra, na Bolíviar e o acidente ocorreu na localidade Cerro Gordo, município de La Unión, na região de Antióquia, explicou a Direção dos Bombeiros da Colômbia em uma mensagem postada nas redes sociais.
O acesso ao local, a 50 quilômetros de Medellín, só pode ser feito por terra devido “às condições climáticas”, acrescentou o aeroporto.
A diretoria da Chapecoense divulgou um comunicado sobre o acidente.
“Em função do desencontro das notícias que chegam das mais diversas fontes jornalisticas, dando conta de um acidente com a aeronave que transportava a delegação da Chapecoense, a Associação Chapecoense de Futebol, através de seu vice-presidente Ivan Tozzo, reserva-se o direito de aguardar o pronunciamento oficial da autoridade aérea colombiana, a fim de emitir qualquer nota oficial sobre o acidente. Que Deus esteja com nossos atletas, dirigentes, jornalistas e demais convidados que estão junto com a delegação”.

A Chapecoense viajava à Colômbia para enfrentar na quarta-feira o Atlético Nacional, atual campeão da Copa Libertadores da América, na partida de ida da final da Copa Sul-Americana, no estádio Atanasio Girardot.

Nenhum comentário:

Postar um comentário