segunda-feira, 7 de novembro de 2016

MPF PEDE ANULAÇÃO DA REDAÇÃO DO ENEM, APÓS SUPOSTO VAZAMENTO DO TEMA

Em face do suposto vazamento do tema da redação do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) avaliação, antes do início do teste, o Ministério Público Federal no Ceará (MPF-CE) ingressou com ação na Justiça Federal pedindo que sejam anuladas as correções de todos os textos escritos pelos candidatos.
No dia da prova, a Polícia Federal prendeu, no Ceará, um candidato que acessou o local onde faria o certame portando um rascunho pré-produzido da redação dentro do bolso, além de estar equipado com ponto eletrônico. O texto encontrado tinha exatamente o mesmo tema proposto pela prova, abordando propostas para combater a intolerância religiosa no país.

A delegada da Polícia Federal, Fernanda Coutinho, confirmou que o candidato teve acesso ao tema da redação antes do início das provas.
Além disso, o próprio Ministério da Educação (MEC) é acusado de ter publicado o tema da redação com um ano de antecedência, embora o Inep negue
A ação pedindo a nulidade das redações partiu do procurador da República Oscar Costa Filho. Ele pede ainda a concessão de liminar para suspender os efeitos da validade jurídica da prova de Redação até o julgamento do mérito. Dessa forma, evitaria-se transtorno aos estudantes caso os resultados fossem divulgados antes do julgamento da ação.

Informações do D.N

Nenhum comentário:

Postar um comentário