sábado, 19 de novembro de 2016

NÚMEROS DO DESEMPREGO EM CAMOCIM

Dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados - CAGED, do Ministério do Trabalho e Emprego, apontam o balanço da evolução do emprego formal entre os municípios com mais de 30 mil habitantes ao longo de 12 meses. Os números revelam o recuo das contratações em face do agravamento da crise econômica nacional, que atinge diretamente o trabalhador. 

O município de Camocim, tem tido uma queda acentuada na oferta de emprego neste mês de novembro. Segundo o MTE, o mês de setembro fechou no vermelho no ritmo de contratações. No acumulado de 12 meses, 202 (-3,75%) pessoas ficaram desempregadas no município. 
Com um comércio enfraquecido, em decorrência da diminuição do poder de compra da população, a expectativa para as compras de fim de ano com o décimo terceiro não são tão animadoras. 

Saída para alavancar as vendas de fim de ano tem sido um acordo entre o poder público municipal, CDL, Associação Comercial e logistas em torno de uma campanha de redução de preço de produtos e serviços, denominada de Semana da Mega Liquidação no comercio de Camocim.   

Pelo visto, o reflexo de um cenário de crise nacional alcançou os municípios mais pobres. Curiosamente, Sobral, também na região norte, segue sendo uma das campeãs em número de demissões.

Nenhum comentário:

Postar um comentário