quarta-feira, 23 de novembro de 2016

RECURSOS DA CORRUPÇÃO PARA FAZER OBRA HÍDRICA

Na semana seguinte à devolução de mais de R$200 milhões recuperados pela Operação Lava Jato à Petrobras, o deputado Ferreira Aragão (PDT) sugeriu uma aplicação diferente para esses recursos: fazer obras hídricas contra a seca. "As assembleias legislativas do Nordeste poderiam se irmanar para apresentar esse projeto", propôs o pedetista
O grande trunfo para a aprovação da ideia, na visão de Ferreira Aragão, seria o tamanho da bancada da Região no Congresso Nacional. A Região possui aproximadamente 30% dos deputados federais e um terço dos senadores. "Nesta hora, não tem separação partidária, matiz política", defende, e completa afirmando que "é legítimo que lutemos para minimizar a seca". Para o parlamentar, hoje, a falta de água é o maior problema da Região e é preciso que o Governo Federal dê atenção a isso.

De acordo com dados divulgados em junho deste ano, a força-tarefa da Lava Jato já recuperou mais de R$5 bilhões, sendo R$2,4 em bens bloqueados na Suíça. Na proposta de Ferreira Aragão, esse dinheiro seria dedicado exclusivamente para obras hídricas "para a gente construir açudes, cisternas, adutoras...".

(Diário do Nordeste)

Nenhum comentário:

Postar um comentário