quarta-feira, 14 de dezembro de 2016

Advogado e vereador eleito Marcos Coelho sugere a Mônica Aguiar que revogue a lei que prevê aumento na taxa de Iluminação Pública

O advogado e vereador eleito de Camocim, Marcos Coelho (PSDB), se manifestou nesta quarta-feira (14) a respeito da cobrança abusiva na taxa de iluminação pública de alguns moradores do município na fatura deste mês de dezembro. O aumento do tributo foi votação na câmara de vereadores em dezembro de 2014 e sancionada pela prefeita Mônica. 

Na postagem feita em sua rede social, Marcos sugere a prefeita de Camocim que revogue a lei que estabelece o aumento do imposto municipal. Segue abaixo a íntegra a postagem do advogado: 

"A taxa de iluminação pública de Camocim estar sendo cobrada de forma abusiva; entretanto as Leis Municipais de N°s 1308/2014 e 1369/2016 respaldam a arrecadação da Prefeitura. Portanto, em nosso modesto entender, só há uma  solução prática: a Prefeita Mônica Aguiar envia, com pedido de urgência, para ser votado na Câmara de Vereadores, projeto-de-lei revogando as duas leis anteriores e posteriormente determina que a Enel (Coelce) refaça as contas de energia referentes ao mês de Dezembro e mantenha os valores anteriormente cobrados!!! A foto postada demonstra a irresponsabilidade da cobrança, pois até de moradores, não beneficiados com esse serviço público, o Município pretende arrecadar."

Texto e Foto: Reprodução Facebook




Nenhum comentário:

Postar um comentário