terça-feira, 20 de dezembro de 2016

CCJ apreciará admissibilidade da PEC que extingue TCM só no fim da tarde desta terça-feira

A Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), da Assembleia Legislativa, marcou para as 18 horas desta terça-feira, reunião extraordinária. Na ocasião será apreciada a admissibilidade da PEC 02/2016, de autoria do deputado Heitor Férrer, que extingue o Tribunal de Contas dos Municípios (TCM).
Bom destacar que termina as 18 horas o prazo de 24 horas para que sejam encaminhados à CCJ recursos relacionados a essa emenda.
A PEC 02/2016 gera a maior polêmica. De autoria do opositor Heitor Férrer, ganhou, no entanto, apoio da base do governador Camilo Santana (PT) na Assembleia, justificando que geraria economia para o Estado. No aspecto político, no entanto, chega como uma resposta ao atual presidente do TCM, Chico Aguiar, e ao presidente eleito, Domingos Filho.

Os dois são apontados por turbinar candidatura de Sérgio Aguiar (PDT), filho de Chico Aguiar, como candidato a presidente da Assembleia num pleito onde o atual presidente, Zezinho Albuquerque, com aval de Camilo e dos Ferreira Gomes, disputou e ganhou a reeleição. A PEC acabou interpretada como revanchismo, embora o governador negue tal versão.

(Por Eliomar de Lima) 

Nenhum comentário:

Postar um comentário