sábado, 31 de dezembro de 2016

Ceará fecha mais de 600 vagas de trabalho em novembro, diz MTE

O Ceará seguiu perdendo vagas formais de emprego no mês de novembro, de acordo com dados divulgados nesta quinta-feira (29) pelo Ministério do Trabalho e Emprego (TEM), por meio do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged). 

Em novembro de 2016, de acordo com o MTE, o saldo foi de 665 empregados com carteira assinada a menos, o segundo pior novembro desde o início da série histórica, em 2003 . A diminuição de vagas, no entanto, é bem menor do que a ocorrida no mesmo mês de 2015. Em novembro de 2015, foram fechadas 3.919 vagas. O melhor novembro já registrado no Ceará foi o de 2009, quando foram gerados 12.296 empregos.
Também há uma desaceleração na perda de emprego na comparação com o outubro deste ano, quando foi registrada o encolhimento de 2.136 vagas de trabalho formal.


Setores mais afetados
O comércio foi o único setor com saldo positivo no Ceará em novembro deste ano, com geração de 2.587 postos de trabalho. Houve perda na agropecuária (-1.368), construção civil (-932), indústria da transformação (-685), serviços industriais de utilidade pública (-84), serviços (-77), administração pública (-67) e na área de extrativismo mineral (-39). 

Fonte: MTE
Via G1

Nenhum comentário:

Postar um comentário