segunda-feira, 26 de dezembro de 2016

Nome de mulheres em comida gera polêmica entre clientes de shopping

Júlia, Bruna, Angelina, Camila, Nicole, Grazi, Débora, Carmen, Sofia, Letícia… Não, não se trata de uma relação de nomes femininos comuns, tampouco de artistas, conforme acredita o proprietário de uma lanchonete em um dos maiores shoppings de Fortaleza.
Na verdade, a relação dos nomes é de produtos comestíveis, o que tem provocado indignação entre clientes que frequentam a praça de alimentação do shopping.
Enquanto que para alguns clientes a lanchonete incentiva o machismo e deprecia a mulher como produto comestível, para outros é desconfortante ver o nome de suas filhas, esposas ou mães como oferta de comida.
Uma funcionária da lanchonete disse que o cardápio é apenas uma forma de homenagear atrizes do cinema e que não há a intenção de expor uma cultura machista.

(Eliomar de Lima)


Nenhum comentário:

Postar um comentário