sábado, 10 de dezembro de 2016

PORTAL DA TRANSPARÊNCIA: UMA FERRAMENTA NO COMBATE À CORRUPÇÃO

No Dia Internacional do Combate à Corrupção, com discussões voltadas para as práticas de combate à corrupção no mundo e a conscientização da população sobre a importância de denunciar e fiscalizar os atos da administração pública, a Controladoria e Ouvidoria Geral do Estado (CGE) apresenta dados que consolidam o Portal da Transparência do Governo do Ceará como a principal ferramenta de Transparência ativa no acompanhamento da gestão pública e no combate à corrupção.

"Entendemos a transparência não apenas como uma obrigação legal, mas como uma oportunidade de interagir com o cidadão e aproveitar a vigilância desses no reforço às ações de controle do Governo. Os cidadãos constituem a maior rede de auditores com a qual podemos contar", ressaltou o secretário Chefe da CGE, Flávio Jucá.

De acordo com os dados compilados pela Coordenadoria de Fomento ao Controle Social da CGE, durante o mês de novembro, o Portal da Transparência obteve 31.662 mil acessos, realizados por 19.259 mil usuários. Números que colocam o mês de novembro como o maior em acessos desde a criação da ferramenta, em 2008.

Outro dado que chama atenção é o aumento gradual nos acessos realizados fora do país. O relatório aponta que dos 1.090.460 acessos feitos ao Portal da Transparência de 2009 a novembro de 2016, 9.304 foram realizados de outros países. Aparecem entre os que mais acessam a ferramenta: Estados Unidos, Índia, China, Portugal, Irlanda, França, Alemanha, Reino Unido e Holanda.

A consulta sobre "Informações de Servidores" continua sendo a mais visitada pelo cidadão com 21% dos acessos, seguida por "Convênios" com 6% e "Contratos" com 6%. Fortaleza ainda é a cidade que lidera o número de acessos da plataforma, contabilizando 60% do total. Em seguida, aparecem as cidades de Juazeiro do Norte (CE), com 3%, e Iguatu (CE), Sobral (CE), Rio de Janeiro (RJ) e São Paulo (SP), com 2% cada.


Dia Internacional do Combate à Corrupção

A data foi instituída pela Organização das Nações Unidas (ONU), em 09 de dezembro, em virtude da assinatura da Convenção das Nações Unidas. O objetivo da data é levantar um debate global voltado à atenção dos grandes líderes mundiais para ações de combate à corrupção. Atualmente, vários órgãos e instituições do mundo realizam atividades e eventos com o objetivo de envolver e conscientizar os cidadão da importância de fiscalizar as ações públicas.

Assessoria de Comunicação da CGE

Nenhum comentário:

Postar um comentário