sexta-feira, 9 de dezembro de 2016

Postos de Camocim ajustam preço da gasolina e se torna uma das mais caras do estado

Os postos de combustíveis de Camocim já estão repassando o reajuste do preço da gasolina e do diesel ao seu consumidor final. A alteração foi percebido nesta quarta-feira (07) na maioria dos estabelecimentos da cidade. A gasolina comum chega a custar R$ 4,18/L da comum e R$ 4,24/L da aditivada. 

Na última segunda-feira (5), a Petrobras anunciou a elevação do preço da gasolina e do diesel nas refinarias. O valor do litro de gasolina foi reajustado em 8,1%, enquanto o preço do diesel subiu 9,5%. Os novos valores entraram em vigor na terça-feira (6). O problema é que o reajuste foi direcionado às refinarias e só posteriormente repassado aos distribuidores. O que não foi possível no curto espaço de tempo. 

O aspecto que mais gera revolta por parte da população de Camocim é o alinhamento de preços, onde o consumidor não tem outra alternativa a não ser se submeter a pagar o valor cobrado. Tal prática, de uniformização de preços por um determinado número de empresas, constitui a chamada formação de cartel, o que é crime a ordem econômica. 

Os postos seguem repassando o valor integral do aumento ao consumidor final, o diesel subiu cerca de R$ 0,17 por litro, e a gasolina, R$ 0,12 por litro, segundo a Petrobras. 

Enquanto os camocinenses pagam uma dos combustíveis mais caros do estado, os órgãos de defesa do consumidor presentes na cidade, Procon e Ministério Público não se manifestam sobre a prática. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário