quarta-feira, 11 de janeiro de 2017

Verba do FPM de Chaval é debitada devido a dívida do município com INSS

A administração do ex-prefeito Pacheco Neto (foto) já acabou, mas as dores de cabeça e inúmeras dívidas ainda assombram a nova gestão do prefeito Sebastiãozinho que todo dia tem que resolver um problema diferente, o “abacaxi” da vez é a inadimplência da prefeitura com o INSS, uma dívida que já chega em torno de 18 milhões de reais.

Todos os meses o prefeito deve pagar o valor patronal ao INSS, que corresponde aproximadamente 20% (vinte por cento) sobre o total da folha de pagamento, ou seja, sobre o total da remuneração paga mensalmente pela prefeitura os seus funcionários, acrescido dos percentuais a título de outras exigências previdenciárias.
Acontece que, como os últimos dois gestores não estavam pagando o valor citado acima, a dívida foi acumulando, e a equipe de finanças do prefeito Sebastiãozinho, teve uma surpresa nada agradável, a verba do FPM (FUNDO DE PARTICIPAÇÃO DOS MUNICÍPIOS) foi debitada justamente por essa inadimplência.

Fonte: Chaval 24 horas


Nenhum comentário:

Postar um comentário