sexta-feira, 17 de fevereiro de 2017

CGU aponta fraude milionária na merenda escolar na cidade de Chaval-CE

Chaval e mais 5 municípios cearenses apareceu em um relatório divulgado nesta quinta-feira (16) pelo Ministério da Transparência, Fiscalização e Controladoria-Geral da União (CGU), que apontou um rombo de mais de R$ 410 mil, por conta de fraudes na aquisição de merenda escolar. De acordo com o Governo Federal, além de Chaval, foram encontradas irregularidades nas prefeituras do Crato, Croatá, Senador Pompeu, Salitre, e Itapajé.
Os dados constam no Relatório de Apoio à Alimentação Escolar na Educação Básica, que realizou as fiscalizações de 2011 a 2014. 

O novo prefeito do município de Chaval, Sebastiãozinho (PDT), ao assumir o mandato no início do ano, decretou de estado de calamidade financeira e administrativa, pelas péssimas condições da maquina pública deixadas pelo seu antecessor Pacheco Neto, integrante da oligarquia pacheco que dita os rumos da política local a mais de 20 anos. A data dos indícios de fraudes na merenda escolar encontrada pela CGU, corresponde ao período de governo do ex-gestor acima citado.

(Com informações do Diário do Nordeste)

Nenhum comentário:

Postar um comentário