sexta-feira, 3 de fevereiro de 2017

Sine/IDT Camocim anuncia estado de greve em protesto as medidas econômica do Governo Estadual

Os Sindicato dos Sapateiros, Sintec, Sindicato dos Comerciários e o Sindicato dos Portuários estiveram dando apoio aos trabalhadores do SINE IDT da agência de Camocim, na manhã de hoje, quinta-feira (02), durante a manifestação de protesto contra os cortes orçamentários aplicados no Sistema pelo Governo do Estado. 

Durante a paralisação, o atendimento rendeu enormes filas nas agências do Sine espalhado em todo o Ceará. 

O corte de 15% do orçamento resultara no fechamento de 6 postos de atendimentos, demissões em massa, cancelamento da pesquisa de emprego e desemprego (PED) e a redução de 200 mil atendimentos, tudo isso no momento em que uma crise econômica e politica afeta os trabalhadores. Seria um verdadeiro desmonte aplicado contra o Sistema. 

A paralisação se encerrou por volta das 11h, quando a Secretaria do Trabalho e Desenvolvimento Social do Estado sinalizou a discussão com a diretoria do Instituto de Desenvolvimento do trabalho (IDT).

O blogue do Eliomar publicou o seguinte comunicado da STDS:

“Comunicamos que as atividades nas unidades do Sine-CE já retornaram à normalidade e que a implantação do Plano de Trabalho de 2017 está sendo discutida com a diretoria do Instituto de Desenvolvimento do Trabalho (IDT), em conformidade com as resoluções do Comitê de Gestão por Resultados e Gestão Fiscal (Cogerf) e considerando o atual momento econômico porque passam o Estado e o País.




(Revista Camocim) 

Nenhum comentário:

Postar um comentário