terça-feira, 4 de abril de 2017

Polícia indicia sertanejo Victor por agressão à mulher grávida

O cantor sertanejo Victor Chaves, da dupla sertaneja Victor & Leo, foi indiciado em inquérito policial que apurou a denúncia de agressão física feita pela esposa grávida, Poliana Bagatini Chaves. A conclusão do inquérito foi divulgada, nesta terça-feira, em Belo Horizonte.

"A Polícia Civil, diante das provas coletadas, concluiu pelo indiciamento de Vitor Chaves pela contravenção penal prevista no artigo 21, do Decreto Lei 3.688, vias de fato, conforme demonstrado no laudo pericial das imagens das câmeras de segurança do prédio e pelo depoimento da vítima", concluiu a Polícia Civil de Minas Gerais, em nota oficial.

No dia 13 de março, o laudo do Instituto Médico Legal (IML) para lesão corporal foi divulgado e deu negativo, mas a delegada da Polícia Civil, Danúbia Quadros, responsável pelo caso, já alertava que o resultado do corpo de delito não era conclusivo, pois aguardava a perícia nas imagens do circuito interno do prédio do casal.

"Empurrões, tapas e posturas que não deixem a vítima lesionada não aparecem no exame de corpo de delito, não deixam vestígios, explicou a delegada na época.

No dia 24 de fevereiro, a mulher de Victor denunciou, publicamente, que o marido a empurrou e chutou no elevador. Entretanto, dois dias depois, ela mudou a versão e postou no Instagram que ele não a machucou. Victor sempre negou agressão à esposa grávida.

Segundo o G1, a Polícia Civil ecaminhou o inquérito à Justiça e, a partir do recebimento, será distribuído para uma das varas e o juiz vai abrir vistas para que o Ministério Público de Minas Gerais se manifeste.

Victor, que era técnico no programa "The Voice Kids", foi afastado da atração devido à repercussão negativa do caso. O cantor ainda não comentou o seu indiciamento.

(Diário do Nordeste)

Nenhum comentário:

Postar um comentário