sexta-feira, 26 de maio de 2017

CRISE: Grupo Rabelo entra com pedido de recuperação judicial

A 2ª Vara de Recuperação de Empresas e Falências do Fórum Clóvis Beviláqua recebeu na última quarta-feira (24) a entrada do pedido de recuperação judicial do Grupo Rabelo. Em nota, o Grupo confirmou a informação. Sob a tutela do juiz Cláudio de Paula Pessoa, o processo tem ação no valor de R$ 158.389.705,52.
“Embora a recuperação judicial não estivesse inicialmente nos planos do Grupo, a queda nas vendas ao longo dos últimos anos, impulsionada pela crise econômica generalizada que afeta o nosso País, tornou necessária a adoção de uma medida legal e eficiente para a manutenção das atividades da empresa, preservação dos empregos de centenas de funcionários e seguimento de uma das marcas de maior reputação do Estado do Ceará, não restando outra alternativa senão buscar guarida na Lei nº 11.101/05 (Lei de Recuperação de Empresas)”, informou, em nota, o advogado do Grupo, Roberto Lincoln.

O objetivo, segundo acrescenta, é viabilizar a reestruturação da empresa, que tem sede no Ceará e atua mais sete estados do Nordeste. “Possibilitará à Rabelo renegociar de forma isonômica suas dívidas junto aos credores, e implementar medidas de aprimoramento gerencial aptas a permitir a retomada do crescimento que acompanhou o Grupo ao longo das últimas décadas”, afirma.

(Diário do Nordeste)

Nenhum comentário:

Postar um comentário