segunda-feira, 10 de julho de 2017

Zezinho denuncia que servidores da Câmara ficarão sem 13° salário e cobra coerência da casa.

O Vereador Zezinho (DEM), integrante da base de apoio à Prefeita Monica Aguiar na Câmara, cobrou coerência do poder legislativo de Camocim.
Zezinho usou a tribuna, na última sessão antes do recesso para denunciar que os servidores da Câmara não receberão 13° salário neste ano. Uma medida, segundo o parlamentar, inconstitucional uma vez que viola o direto adquirido dos trabalhadores previsto em lei. 
Para expor a contradição, o edil lembrou que a mesma casa que promoveu uma audiência pública para protestar contra as reformas da previdência e trabalhistas do Governo Temer não está dando o exemplo em casa. A medida teria sido aprovada na legislatura passada.
Os vereadores de situação receberam a fala do parlamentar com silêncio. Já Marcos Coelho (PSDB) da oposição, indagou o colega Juliano Cruz (PSD) sobre tal votação e o mesmo confirmou que a Câmara havia se reunido para votar algo nesse sentido.

André Martins/CPN

Um comentário:

  1. Tá me surpreendendo. Vereador bastante atuante. Não votei nele, mas quem sabe na próxima. ..

    ResponderExcluir