quarta-feira, 9 de agosto de 2017

Camocim é destaque nacional na exportação de calçados

O município de Camocim é mais vez destaque nas exportações de calçados e produtos derivados do couro no cenário nacional. Os dados constam no informe nº 117 - Análise do Comércio Exterior de Calçados: Brasil e Ceará - 2011 a 2016, divulgado pelo Instituto de Pesquisa e Estratégia Econômica do Ceará (Ipece), elaborado com base nos dados do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (Mdic).
O levantamento mostra a força do estado na produção calçadista no Brasil, trazendo Sobral como líder nacional no segmento de exportação. O Ceará é responsável por 25% da fatia do mercado exportador, atrás apenas do primeiro colocado, o Rio Grande do Sul que representa 46%. 
O polo sobralense exportou cerca de US$ 150.362.932 em 2016, e em segundo lugar no estado do Ceará aparece Camocim com um volume de US$ 12.778.438 em exportação no mesmo ano. Outros três municípios cearenses que se destacaram são Horizonte (US$ 12.162.196); Quixeramobim (US$ 7.838.215) e Itapipoca (US$ 7.570.697).
A filial da fábrica Democrata Nordeste de Calçados presente em Camocim, é hoje o único polo de produção de calçados na cidade. Considerada a maior empregadora do setor privado do município com cerca de 800 funcionários diretos e indiretos, a unidade se prepara para aumentar sua produção. Recentemente fechou parceria com a Prefeitura de Camocim para abrir oportunidades para jovens em busca do primeiro emprego através de um curso de formação que será desenvolvido na cidade pela prefeitura. 
Na contramão da crise econômica nacional, o setor de exportação calçadista segue obtendo excelentes resultados para o Ceará. Diferente das demais áreas do mercado, o aumento do dólar influencia positivamente no faturamento das indústrias, já que os contratos dependem da variação cambial do mercado.

Com informações do Diário do Nordeste/ fonte: Ipece
Foto: André Martins

Nenhum comentário:

Postar um comentário