sábado, 30 de setembro de 2017

Acessibilidade: Cartório Coelho de Camocim constrói rampa de acesso para cadeirantes

O município de Camocim e suas instituições públicas e privadas ainda possui essa dívida com os portadores de necessidades especiais. A maioria dos prédios públicos não possuem condições minimas que facilitem a vida dos cadeirantes ou pessoas com mobilidade reduzida. 
Nesta semana que se tornou um exemplo a ser seguido foi o Cartório Coelho 1° Ofício localizado na rua José de Alencar no centro, ao instalar uma rampa de acesso com fins de atender aos critérios de acessibilidade. 
A iniciativa deveria servir como exemplo para a Câmara Municipal de Camocim, que desde sua fundação, não dá acesso a cadeirantes adentrarem suas dependências, violando os princípios do bom senso e da lei.  

André Martins/CPN

Nenhum comentário:

Postar um comentário