terça-feira, 19 de setembro de 2017

Grupo CVC manifesta interesse pela aquisição do Boa Vista Resort de Camocim

Fundado em março de 2002, o Hotel Boa Vista Resort de Camocim, foi por muito tempo, um dos maiores empreendimentos hoteleiros do estado, até sua desativação em março de 2011. Foram exatos nove anos de existência. 
O hotel representava o maior investimento do setor privado na área do turismo em Camocim, mas caiu em declínio essencialmente por falta de política de fomento por parte dos governos estaduais e municipal. À época foram feitos estudos e havia a expectativa de instalação de um Aeroporto Regional para que impulsionasse a atividade econômica na região do extremo Oeste. Porém, tal investimento não surgiu e o fluxo existente de visitantes, era por si, insuficiente para manter o empreendimento funcionando. 
Agora em 2017, seis anos após o fechamento do Boa Vista, novos horizontes de mercado surgem com olhos voltados para Camocim. Com chegada do Aeroporto de Jericoacoara, começam a surgir propostas de reabertura do hotel. 
Segundo informações que correm no meio político, grupos de investidores estrangeiros, entre eles a maior operadora de Turismo da América Latina, a CVC, já tentaram negociar com os empresários italianos proprietários do Boa Vista que teria acenado positivamente para um acordo. 
Ainda em 2011, o hotel virou alvo de ações trabalhistas na justiça por parte de ex-funcionários demitidos sem justa causa.  
Se um novo grupo vier a comandar a estrutura hoje em ruínas, o desafio será, antes de tudo, vencer a judicialização dos processos para que voltemos a colher os frutos desse novo projeto. 

André Martins/CPN

2 comentários:

  1. Passando em frente ao hotel, não percebemos que está em ruínas. No mais, boa matéria.

    ResponderExcluir
  2. Notícia fria André. CVC não tem qualquer interesse no resort. Sr. Ugo pode lhe falar melhor...

    ResponderExcluir