terça-feira, 3 de outubro de 2017

Britânica Chariot Oil & Gas doa 82 GPS's para pescadores artesanais de Camocim

Na última quinta-feira, 28 de setembro, ocorreu a cerimonia de doação de 82 dispositivos de segurança para a pesca artesanal de botes bastardos. Nesta solenidade de assinatura do termo de Doação e Uso, contou com a presença da prefeita Sra. Monica Aguiar, do presidente do Sindicato dos Pescadores, Sr. Manuel Silva Santos, do Agente da Capitania dos Portos em Camocim, Capitão Tenente Henrique, da representante da Chariot Brasil, Sra. Tatiana Menezes, do vereador James do Peixe, do Sr. Jonnes Santos secretário da SEPARHMA, dentre outros.
O uso dos dispositivos de comunicação e emergência visam melhorar as condições de segurança a bordo, visto que os botes, atuam em uma grande área de pesca, em profundidades de até 150m, na costa do Ceará, Piauí, Maranhão, e alguns botes até no Pará.
Por serem embarcações a vela e desprovidos de motor, possuem poucos equipamentos eletrônicos de segurança e comunicação a bordo. Assim, a solução encontrada pelo Grupo de Trabalho foi a aquisição e uso de dispositivos de emergência e comunicação, que permitirão a tripulação mandar mensagens positivas ou negativas a terra, além de sua localização exata em latitude e longitude, o que permitirá facilitar eventuais resgates em casos mais graves, como naufrágio. Estas informações serão sigilosas, cujo acesso direto será apenas do dono da embarcação e da SEPARHMA que irá gerir o projeto.
O PCAP-Chariot é um projeto condicionante de licença ambiental, exigência do IBAMA, em virtude de uma atividade de pesquisa sísmica, realizado pela empresa Chariot Brasil Oil & Gas no mês de março de 2016 na bacia de Barreirinhas.
A atividade, realizada por um navio sísmico, ocorreu durante 21 dias, no estado do Maranhão, a mais de 65km da costa. Apesar da área onde ocorreu a pesquisa estar a mais de 150 milhas náuticas distantes de Camocim, foi identificado ser uma área de navegação e pesca artesanal de botes de bastardos de Camocim.
Por este impacto temporário, o Ibama/CGMAC (Coordenação Geral de Licenciamento Ambiental de Empreendimentos Marinhos e Costeiros) solicitou a empresa Chariot a realização do PCAP (Plano de Compensação da Atividade Pesqueira) em Camocim.
Assim, o Grupo de Trabalho (GT PCAP-Camocim) formado foi bastante plural, com representantes da Marinha do Brasil, Prefeitura de Camocim, Sindicato dos Pescadores, Associação dos Armadores de Botes, Chariot, Cardume Socioambiental, além de pescadores, mestres, armadores e comerciantes da pesca artesanal de botes, que trabalharam em conjunto desde março de 2017 avaliando propostas que pudessem dar mais segurança aos pescadores de botes.
Após a aquisição por parte da Chariot dos 82 dispositivos de segurança, os mesmos foram doados a SEPARHMA (Secretaria da Pesca, Agricultura, Recursos Hídricos e Meio Ambiente de Camocim). A SEPARHMA será a responsável direta pela cessão dos dispositivos para os donos de botes, que terão direito a uso do equipamento.
Os armadores de botes bastardos interessados em utilizar o dispositivo em suas embarcações, devem procurar a SEPARHMA, Capitania dos Portos ou Sindicato dos Pescadores, para assinar o termo de cessão do dispositivo, quando passará por uma breve capacitação para o uso do equipamento, por membros do GT PCAP-Chariot já treinados na semana passada.

Texto e Foto: Assessoria de Imprensa Cardume Socioambiental/Foto reprodução

Nenhum comentário:

Postar um comentário