quinta-feira, 28 de dezembro de 2017

Pedreiro Cícero pode ter morrido vítima de um infarto; IML divulgará um laudo apontando a causa

O município de Camocim registrou mais uma morte neste dezembro de 2017. O pedreiro Cícero Custódio Viana de 37 anos, faleceu por volta das 9 horas da manhã quando trabalhava no telhado de uma residência, localizada na Rua: João Pessoa com Tiradentes. As primeiras informações davam conta que Cícero havia sofrido uma descarga elétrica no local, porém, nas primeiras impressões dos policiais que foram chamados para a ocorrência, não foi constatado indícios de queimaduras ou fios próximo ao corpo que pudessem indicar o choque elétrico. 
Além disso, a esposa do pedreiro informou posteriormente que o mesmo já sofria de problemas cardíacos. 
Uma equipe do Instituto Médico Legal (IML) compareceu ao local e de modo preliminar afastou a hipótese da causa morte ser de choque elétrico. Após análise pericial, será emitido um laudo informando a causa da morte de Cícero. As informações foram divulgadas em primeira mão pelo Sgt Flávio do Blog Camocim Polícia 24Hs.

André Martins/CPN

Nenhum comentário:

Postar um comentário