quinta-feira, 22 de março de 2018

Ceará registra o maior crescimento de mortes violentas no país em 2017

O Ceará foi o estado brasileiro que registrou maior crescimento nos casos de mortes violentas na comparação entre os anos de 2016 e 2017. Foram 5.134 assassinatos no ano passado, contra 3.457 em 2016. O levantamento realizado pelo G1 faz parte de mais uma etapa do Monitor da Violência. O índice abrange casos de homicídios dolosos, latrocínio e lesão corporal seguida de morte, que são classificados como Crimes Violentos Letais e Intencionais (CVLIs).
No total, o Brasil teve no ano passado 59.103 vítimas assassinadas durante o ano passado. O número representa uma morte a cada 9 minutos, em média.
O levantamento mostrou o Ceará como o estado que teve o maior crescimento de mortes tanto em número absoluto (1.677 mortes a mais em um ano) como percentualmente (48,5%). Foram 5.005 homicídios dolosos, 88 latrocínios e 41 lesões corporais seguidas de morte. A média é de 14 mortes violentas por dia.
A Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social diz que não tem medido esforços para combater as mortes violentas e vem reforçando ações de enfrentamento à criminalidade em todo o território cearense.

“Vale ressaltar que o aumento registrado no Ceará, em 2017, também foi contabilizado em outros estados do país, o que corrobora para atribuir esse crescimento a uma problemática nacional e não localizada em um estado ou outro. Por isso, há necessidade de haver uma pactuação nacional que envolva todos os estados brasileiros. O Ceará tem como prioridade manter a transparência e a confiabilidade dos dados criminais e dar publicidade a eles, seguindo diretrizes da Secretaria Nacional de Segurança Pública (Senasp), do governo federal. Dessa forma, não é legítimo fazer comparação dos dados criminais entre os estados, já que cada estado conta suas mortes utilizando metodologias diferentes”, comunicou, em nota.
“Para conter o avanço de mortes violentas, a SSPDS tem investido também em ações de territorialização, fazendo com que os policiais militares estejam presentes 24 horas por dia nas periferias e nas comunidades, com apoio de outros órgãos e esferas do poder público. Para além da segurança, há investimento, por parte do governo do estado, em acesso à infraestrutura, educação em tempo integral, oportunidades de estágios e empregos, projetos culturais, esportivos e de lazer, priorizando áreas mais vulneráveis à criminalidade. Outro investimento em segurança foi na área de tecnologia”, informou.

Informações do G1/CE Foto - André Martins

3 comentários:

  1. PARABÉNS AO GOVERNO DO ESTADO . SÓ PARA RESOLVER O PROBLEMA , CAPITÃO VAGNER .PARA RESOLVER O DA NAÇÃO , BOLSONARO . ROMEU PARA DEPUTADO ESTADUAL MEMEU O NOVO LÍDER DA REGIÃO NORTE. A ADM QUEIJO SUÍÇO DE CAMOCIM ENLOUQUECE.

    ResponderExcluir
  2. PARABÉNS AO GOVERNO DO ESTADO . SÓ PARA RESOLVER O PROBLEMA , CAPITÃO VAGNER .PARA RESOLVER O DA NAÇÃO , BOLSONARO . ROMEU PARA DEPUTADO ESTADUAL MEMEU O NOVO LÍDER DA REGIÃO NORTE. A ADM QUEIJO SUÍÇO DE CAMOCIM ENLOUQUECE.

    ResponderExcluir
  3. PARABÉNS AO GOVERNO DO ESTADO . SÓ PARA RESOLVER O PROBLEMA , CAPITÃO VAGNER .PARA RESOLVER O DA NAÇÃO , BOLSONARO . ROMEU PARA DEPUTADO ESTADUAL MEMEU O NOVO LÍDER DA REGIÃO NORTE. A ADM QUEIJO SUÍÇO DE CAMOCIM ENLOUQUECE.

    ResponderExcluir