quinta-feira, 29 de março de 2018

Transparência Pública: Câmara aprova transmissão das sessões via emissoras de rádios

A bancada de oposição da Câmara de Vereadores de Camocim têm juntos um propósito: trabalhar na defesa de criação de instrumentos que possibilitem dar o máximo de transparência aos atos do poder legislativo. Já os governistas, preferem ser mais comedidos e seguem as prioridades traçadas pela o governo, que nem sempre será a publicização de determinadas pautas. 

O conjunto unânime dos parlamentares aprovaram na sessão desta sexta-feira (28), requerimento do Vereador Marcos Coelho (PSDB) (à esquerda na foto) com o objetivo de tornar obrigatória a transmissão das sessões legislativas via emissoras de rádio. A proposta sugere que seja criada Emenda ao Regimento Interno da casa para que vire ato de ofício do poder legislativo. 

Marcos Coelho fez uma defesa enfática e afirmou que o recurso possibilita aos cidadãos mais uma ferramenta de acesso a informação, permitindo o controle social no trabalho de cada vereador através das transmissões em tempo real. 

Em 2017, um requerimento com a mesma finalidade de autoria do Vereador Juliano Cruz (PSD) foi desaprovado pela maioria da bancada governista. O Presidente da Câmara, Kleber Trévia (à direita na foto) alegou falta de previsão orçamentária para bancar o valor contratual com as empresas de radiodifusão. 

Diante do acolhimento unânime da proposição do vereador oposicionista, a mesa diretora da casa terá que apresentar Emenda ao Regimento Interno da Câmara. A expectativa é que já neste semestre as transmissões sejam efetivadas.   

André Martins/CPN

2 comentários:

  1. DAQUI PARA AS ELEIÇÕES VÃO APROVAR E TUDO.Ó ADM BOA KKK. BOLSONARO É MAGNO MALTA PARA PRESIDENTE. PARA SUBSTITUIR O DESASTROSO GOVERNO DO ESTADO , CAPITÃO VAGNER . MEMEU O NOVO LÍDER DA REGIÃO NORTE. A ADM SO PROMESSAS DE CAMOCIM, TÁ LINDO TA LINDINHA KKKK.

    ResponderExcluir
  2. EM CAMOCIM JÁ TEM TRANSMISSÃO VIA INTERNET, AGORA VIA RADIO... TA MELHORANDO A SITUAÇÃO.
    JÁ AQUI EM GRANJA NEM UM E NEM OUTRO, QUEM QUISER VER A SESSÃO QUE VÁ NA CÂMARA.

    ResponderExcluir