domingo, 22 de abril de 2018

Prefeito é preso sob a suspeita de estuprar menina de 8 anos em SP

O prefeito interino de Bariri (a 322 km de São Paulo), Paulo Henrique Barros de Araújo (PSDB), 34, foi preso neste sábado (21) sob a suspeita de ter estuprado uma menina de oito anos em Bauru, cidade paulista. 
De acordo com o delegado Fábio Mariotto, que fez o flagrante, ele teria confessado o estupro. Segundo a polícia, a menina tinha saído de casa para comprar pão no bairro José Regino quando foi levada pelo político até a região do Vale do Igapó, onde houve o abuso.
A versão apresentada pela menina foi a de que Araújo se apresentou como policial, disse que era perigoso ela ficar sozinha no local e a fez entrar no carro. Já no Vale do Igapó, a criança teria sido abusada e conseguiu fugir depois que o carro do prefeito ficou preso numa vala. Ela foi encontrada por um casal, que a levou para a casa. A família acionou a polícia e o prefeito foi encontrado caminhando pela região. Ele foi levado para o plantão policial e, à noite, encaminhado à cadeia de Barra Bonita.
O depoimento da criança foi acompanhado pelos pais e o Conselho Tutelar da cidade. O prefeito teve a prisão preventiva decretada e foi levado ao CDP (Centro de Detenção Provisória) de Bauru. A polícia decretou sigilo do processo. Uma perícia foi feita para verificar se houve relação sexual, cujo laudo deve ficar pronto em até um mês.
Vereadores de Bariri devem se reunir nesta segunda (23) para discutir a situação de Araújo.

Da Folha

Nenhum comentário:

Postar um comentário