quarta-feira, 9 de maio de 2018

Vereador e miliciano estariam envolvidos em assassinato de Marielle e Anderson

Uma testemunha afirmou em depoimento à Polícia que um vereador e um miliciano estariam envolvidos nos assassinatos da vereadora do Psol, Marielle Franco, e de seu motorista, Anderson Gomes, mortos no dia 14 de março.

As informações são do jornal O Globo e foram divulgadas na noite desta terça, 8. A testemunha, que está ameaçada por milícia da Zona Oeste do Rio de Janeiro, teve a identidade preservada.
Foi informado que o depoente relatou que o ex-policial militar Orlando Oliveira de Araújo, atualmente preso em Bangu 9 sob acusações de chefiar uma milícia, e o vereador Marcello Siciliano (PHS), teriam participação no crime.

A motivação do assassinato teria sido os prejuízos causados pelo combate ao avanço de grupo paramilitares em comunidades de Jacarepaguá, causa defendida por Marielle. São mencionados nomes de outros integrantes do bando, que teriam participação na execução.

Via O POVO Online 

Um comentário:

  1. INFELIZMENTE EXISTE EM TUDO LUGAR .OLHA O EXEMPLO DE CAMOCIM VERDADEIRAS FACÇÕES POLÍTICAS CRIMINOSAS Q SÓ VISAM O SEU PRÓPRIO INTERESSE . ADM AVANÇAR EM TUDO , TUDO MESMO. BOLSONARO PRESIDENTE .ROMEU O NOVO LÍDER DA REGIÃO NORTE. A ADM RABO DE FOQUETE DE CAMOCIM AVANÇA MESMO KKK.

    ResponderExcluir