terça-feira, 26 de junho de 2018

Vereador Marcos Coelho alerta para os impactos da privatização do Parque de Jericoacoara

A iminente privatização do Parque Nacional de Jericoacoara foi assunto abordado na última sessão da Câmara de Vereadores de Camocim. Marcos Coelho (PSDB), levantou o tema em sua fala na tribuna e alertou para os impactos do acordo para o desenvolvimento econômico local. Segundo o vereador tucano, o setor de serviços pode ser duramente prejudicado, assim como o visitante nativo que poderá arcar com a cobrança de eventuais novas taxas de permanência. 

O acordo de concessão que está sendo elaborado entre o atual controlador, o Instituto Chico Mendes e o Governo Federal, transfere para uma empresa privada o controle administrativo do parque com o fim de explorar comercialmente o lugar, mas respeitando normas expressas de preservação ambiental. O fato é que, no entendimento divergente, a privatização poderá produzir barreiras para os comerciantes dos municípios de Camocim, Jijoca e Cruz.

A medida tem motivado protestos como o vereador Marcos Coelho e autoridades do município de Jijoca de Jericoacoara, como o Prefeito Lindberg Martins, com o apoio do dep. João Jaime e parcela expressiva dos moradores da região.

Além dos questionamentos na tribuna, Marcos protocolou requerimento na Câmara para que o poder legislativo camocinense possa solicitar cópia do contrato de concessão dos serviços de uso público do Parque diretamente ao diretor do Instituto Chico Mendes de Preservação ambiental - ICMBio. 

André Martins

Nenhum comentário:

Postar um comentário