sexta-feira, 7 de dezembro de 2018

Atraso na inauguração de Mercantil em Camocim frusta expectativas de candidatos a vagas

No último dia 23 de maio do corrente ano, camocinenses interessados em ocupar vagas de emprego no novo Mercantil Onofre que foi construído na cidade, foram convocados a deixar currículos com promessa de seleção rápida na empresa. 

Com a oferta de cerca de 32 vagas de empregos diretos, uma multidão de pessoas compareceram interessadas nas mesmas. Todos na expectativa de que o empreendimento comercial inauguraria entre os meses de junho e julho. Porém, após 3 agendamentos de datas, somam sete meses de espera de respostas. 

Na esteira do atraso, começam a surgir especulações em torno da referida inauguração do Mercantil. Uma interferência direta do Governo municipal dificultando a concessão de licenças para funcionar pode está entre as hipóteses realistas. Segundo consta, agentes políticos reivindicaram, em troca das licenças, indicação para vagas de trabalho na empresa. 

Até o presente momento, para quem tinha pressa em funcionar na cidade, o Mercantil Onofre não agendou data para o início das operações. Enquanto isso, leitores deste Blog, que acompanharam a informação da abertura da seleção, querem saber: qual o real motivo do atraso da inauguração do Mercantil Onofre? A seleção foi mesmo realizada? 

André Martins

2 comentários:

  1. E eu quero é que tenha mais opções para nós, consumidores. Por isso espero que seja breve a inauguração.

    ResponderExcluir
  2. a prefeitura quer a metade dos empregos no MERCANTIL. uma vergonha , usando o cargo de PREFEITA para pressionar o dono do Mercantil.

    ResponderExcluir