terça-feira, 12 de fevereiro de 2019

Feirantes de Camocim rejeitam obra faraônica do Mercado Público, "sem espaço e enferrujado".


A obra  Mercado Público, considerada faraônica e milionária, não agradou a população de Camocim e todos os feirantes de frutas recusam- se a ocupar o espaço. 

O Vídeo amador, gravado por um feirante, que circula as redes sociais, choca moradores e trabalhadores do Mercado, pela falta de espaço e planejamento na obra do novo mercado público de Camocim. 
O valor inicial para a obra na licitação era de 2.744.575,9 (Dois Milhões, Setecentos e Quarenta e Quatro Mil, Quinhentos e Setenta e Cinco Reais e Noventa e Nove Centavos). A Prefeitura de Camocim tentou contato com o Governo do Ceará para conseguir uma verba para completar a obra. O Governo atendeu a solicitação, repassando uma contrapartida de R$ 4.137.218,40 (Quatro Milhões, Centro e Trinta e Sete Mil, Duzentos e Dezoito Reais e Quarenta Centavos), conforme Relatório de Julgamento, após licitação, totalizando um valor de R$ 6.881.794.39 (Seis Milhões, Oitocentos e Oitenta e Um Mil, Setecentos e Noventa e Quatro Reais e Trinta e Nove Centavos). 

Alfinetada

Foram R$7 milhões de reais jogados fora ou, quem sabe, boa parte no bolso da Prefeita Monica Aguiar. A obra antes de ser inaugurada também já está enferrujada e quando chove molha tudo.

No Revista Camocim

Nenhum comentário:

Postar um comentário