sexta-feira, 21 de junho de 2019

Camocinense Luana, portadora de tipo raro de câncer precisa da sua ajuda; doe

Reproduzo abaixo o relato da jovem camocinense Luana, portadora de um tipo severo de câncer e que está precisando de ajuda financeira para viajar a São Paulo em busca de um tratamento médico. Luana é paciente em grau paliativo, mas sua garra e sua perseverança em busca de um mínima qualidade de vida é o seu ideal. 

Olá, me chamo Maria Luana Barbosa Fonteles, mas, pode chamar de Luana Fonteles. Nasci em 10 de maio de 2007. Sou de Camocim, Ceará (moro com a mina tia Tatá Fonteles e a minha avó paterna Benedita (mães de coração). Meu pai faleceu e minha mãe biológica mora em outro Estado. Há anos, estou a maior parte dos meus dias com a tia Tatá Fonteles no Hospital Albert Sabin/Associação Peter Pan, em Fortaleza onde recebo tratamento da equipe oncológica e de cuidados paliativos para o câncer RABDOMIOSSARCOMA que diagnostiquei em 2013, com pouco mais de cinco anos de idade (um tumor maligno que surge de células que desenvolvem os músculos estriados da musculatura esquelética e faz parte do grupo de sarcomas de partes moles, sendo o tipo mais comum na infância).
Só tenho 12 anos, mas, já sonho ser blogueira e maquiadora profissional, aliás, só penso em vida e viver me motiva a buscar a cura do câncer. Para a minha médica “estou paliativa” (esgotaram as alternativas quimioterápicas curativas), mas, ainda tenho certeza e fé que “o câncer não é imbatível”. Meus dias são difíceis, mas, vivo cercada de muito amor, quase não “aceito a dor”. 
Minha tia Tatá  e a tia Dadynha Saturnino (amiga que conhecemos nos corredores da radioterapia do Instituto do Câncer do Ceará (ICC)), criaram esta vakinha virtual para arrecadarmos recursos que possam ajudar nas minhas despesas locais (vivemos apenas de um benefício social) e, principalmente, para que possamos ir até São Paulo/SP para uma consulta com um novo especialista que, temos certeza, pode me ajudar a combater o câncer prescrevendo uma nova medicação usada por pacientes também diagnosticados com RABDOMIOSSARCOMA. Esgotadas todas as possibilidades de combate do câncer aqui em Fortaleza, vamos até onde for possível para vencermos esta doença pois enquanto houver chances, nossa fé nos manterá de pé, mas, precisamos de vocês para realizarmos esse sonho. O custo previsto do tratamento em outro Estado é de, no mínimo R$20.000,00, para custear para mim e a Tia Tatá nossas passagens, hospedagens, alimentações, traslados e minhas consultas, exames, medicamentos, etc;. 
Conto com você e agradeço antecipadamente toda ajuda!

Caso deseje, deposite na conta da tia Tatá:

Banco: Caixa Econômica Federal - Agência 0745 - Conta Poupança 00040601-8 - Operação 013  Tainá Linhares Fonteles CPF: 057.422.703-21
Minhas redes sociais:
www.instagram.com/luana.fonteles 

Mais informações acesse o link.

Com carinho,
Luana Fonteles.

André Martins

Nenhum comentário:

Postar um comentário