terça-feira, 13 de agosto de 2019

Gerente da Caixa de Camocim exige R$ 3 mil para abrir uma Poupança e cliente denuncia a polícia

O professor Jaílson Alves, conhecido também por Jajá do Fusca, publicou um vídeo denunciando a gerência da Agência da Caixa Econômica de Camocim, que teria lhe negado o direito  abrir uma conta poupança conforme os critérios do referido banco público.

De acordo com Jajá, depois de 3 (três) horas esperando atendimento, o gerente informou  que para abrir uma conta poupança o cliente precisa fazer um depósito inicial de R$ 3. 000,00 (três mil reais), contrariando, inclusive,  as normativas do  do Banco Central.  A Própria Caixa Econômica, através de seu sit,  informa AQUI que "não há um valor mínimo para abertura de Poupança e que, além disso, a poupança da Caixa é totalmente isenta de tributos.

"Ele - Gerente - me negou o direito de abrir essa conta poupança", disse Jaílson, que registrou um Boletim de Ocorrência na Delegacia Regional de Policia Civil de Camocim, protocolou reclamação no 0800 da Caixa e que encaminhará denuncia ao Banco Central.

"Esse tipo de atitude não pode ser mantida", ressaltou, alertando a população para que não fique calda diante de "absurdos"  que querem fazer com a gente nas repartições públicas.

Via Revista Camocim 

Um comentário:

  1. Já a Agência de Crateús-CE, está encerrando contas correntes de clientes que atrasam pagamentos de juros do cheque especial por 40 dias. Ao invés de chamar para uma regularização ou negociação, faz é encerrar as contas. E ainda cibra dobradi depois do encerramento Ex: se seu limite é R$ 1.000,00 e, atrasou um mês e outro mês, ao invés de cobrar o valoe do limite e juros de dois meses, cobra dois limites e dois juros.

    ResponderExcluir