sábado, 17 de agosto de 2019

Justiça suspende contratação irregular de enfermeiros para UPA de Russas


A 2ª Vara da Comarca de Russas determinou a suspensão do contrato entre a Prefeitura e a Univida Cooperativa de Trabalho. A Justiça encontrou indícios de terceirização ilegal de mão de obra. O contrato de enfermeiros para atuar na UPA de Russas burlava exigência de concurso público e deixava de lado candidatos aprovados no último certame no Município.

Diário do Nordeste

Nenhum comentário:

Postar um comentário