terça-feira, 26 de novembro de 2019

Projeto de transformar antigo Hospital São Francisco em escola não saiu do papel

Quem passa pela avenida Antônio Zeferino Veras se depara com uma estrutura de concreto em ruínas onde funcionou por muito o tempo o hospital e maternidade São Francisco. Hoje o local vive em completo estado de abandono e servindo de esconderijo de marginais e usuários de drogas. 

Uma das ideias propagadas durante a campanha eleitoral da atual Prefeita de Camocim, era transformar a estrutura em uma escola municipal, porém, a ideia ainda não saiu do papel. O governo irá para seu último ano em 2020.

Um dos entraves é o judicialização do imóvel. Embora o antigo hospital tivesse convênio com o município, há um dono específico. 

Hoje a cidade de Camocim com cerca de 65 mil habitantes não apresenta uma carência significativa de unidades de ensino. A opinião quase que unanime da população é que seja erguido um novo hospital público ou mesmo que seja entregue para a iniciativa privada favorecendo a abertura de empregos formais no município. 

O hospital maternidade São Francisco esteve em operação por várias décadas e foi desativado no ano 2006. 

André Martins

Nenhum comentário:

Postar um comentário