terça-feira, 3 de dezembro de 2019

Aproximação histórica de Mônica Aguiar e Sindicato APEOC em ano pré-eleitoral indica estratégia política

A prefeita de Camocim, Monica Aguiar, resolver quebrar um regime de cerca de três anos sem se reunir com membros do sindicado Apeoc para discussão de pautas. Até hoje, todos os requerimentos ou ofícios eram ignorados pela gestora e seus auxiliares. 

Nesta tarde de terça-feira, 03, Monica Aguiar recebeu em seu gabinete na companhia da secretaria de educação Elizabeth Magalhães e o secretário de gestão administrativa, Carlos Alexandre, os líder da entidade sindical no estado, Anísio Teixeira, o presidente da comissão Da Apeoc Camocim, Mario Roberto e demais membros. De sorriso aberto e fotógrafo aposto para registar a reunião, a Prefeita acolheu as pautas da categoria dos profissionais da educação de Camocim, como: progressão da carreira dos docentes, abono salarial, precatórios, reajustes para 2020, vagas remanescentes do concurso público para professores e servidores da educação, entre outros tópicos. 

Considerando o tempo que levou para acontecer tal reunião, a aproximação pode ser considerada histórica. Para o professor Mário Roberto, a retomada do diálogo foi um momento proveitoso pra entidade. “O diálogo é imprescindível, independente das divergências partidárias.” Comenta Mário. 

No aspecto político, é preciso destacar que tal aproximação tem um componente de estratégia política. Para muitos, receber a comissão para tratar de pautas em ano pré-eleitoral é um aceno do governo para melhorar sua imagem com a categoria. Levando em conta o volume de demandas ociosas, ficará difícil para o governo atende-las em tão pouco tempo.

A reunião foi encerrada com promessa de retorno do poder executivo as reivindicações apresentadas para o próximo dia 20 de dezembro. Os membros do sindicato consideram um avanço do diálogo. 

André Martins/Foto reprodução

Nenhum comentário:

Postar um comentário