quinta-feira, 20 de fevereiro de 2020

300 agentes da Força Nacional de Segurança chegam ao Ceará

Um avião com agentes da Força Nacional chegou a Fortaleza no fim da manhã desta quinta-feira (20). A aeronave partiu de Brasília por volta das 8h, atendendo ao pedido feito pelo governador do Ceará, Camilo Santana, ao Governo Federal, na quarta-feira (19), para reforçar a segurança do estado, após batalhões da Polícia Militar serem invadidos e carros da polícia terem os pneus esvaziados.
O envio da Força Nacional foi autorizado, na quarta, pelo ministro da Justiça, Sergio Moro, após pedido de Camilo. Homens e mulheres da Força Nacional baseados na cidade pernambucana de Paulista já haviam se deslocado para o Ceará e chegaram à capital na manhã desta quinta-feira.
As tropas federais devem ficar no Ceará pelos próximos 30 dias. Um segundo voo da Força Nacional partindo de Brasília com destino a Fortaleza tem embarque marcado para as 15h. No total, serão 300 agentes da Força Nacional atuando no Ceará, além de um reforço de 212 policiais rodoviários federais.

Garantia da Lei e da Ordem


Além das tropas federais, o governo cearense enviou ofício solicitando apoio das forças armadas, por meio de uma operação de Garantia da Lei e da Ordem (GLO).
Até o início desta tarde, o pedido de GLO feito por Camilo Santana ao presidente da República ainda não havia sido deliberado, segundo informou o governo do Estado. O G1 entrou em contato com a Presidência da República e aguarda um posicionamento.
Batalhões da polícia do estado foram atacados por pessoas encapuzadas entre a terça-feira (18) e a quarta (19). Segundo o governador, as ações de vandalismo foram provocadas por homens mascarados e "alguns policiais", além de "mulheres que se apresentam como esposas de militares". A Secretaria de Segurança Pública do Ceará (SSPDS) confirmou que mais de 300 PMs estão respondendo a inquéritos militares e procedimentos administrativos na Controladoria de Disciplina por envolvimento nos atos.

Via G1

Nenhum comentário:

Postar um comentário