segunda-feira, 3 de fevereiro de 2020

Agricultor da zona rural de Granja recebe cobrança de R$ 18 mil na conta de luz

Um agricultor da zona rural de Granja recebeu uma cobrança na conta de luz que gerou perplexidade pelo valor. A concessionária Enel enviou uma fatura para a casa simples, que vivia a maior parte do tempo fechada, lá no povoado de Vereda dos Júlios, no valor de R$ 18 mil. 

A referida residência possui lâmpadas simples e não há geladeira ou outros eletrodomésticos que gerem consumo expressivo de energia. 

O imóvel passou cerca de 12 meses sem receber a cobrança de energia e a fatura não detalha, especificamente, o período do consumo, apenas a data de emissão em 18/10/2019 e o vencimento em 15/01/2020. Mesmo que seja correspondente ao ano inteiro, o valor de R$ 18 mil dividido em 12 vezes ficaria R$ 1500,00 por cada mês. Valor igualmente absurdo. 

O caso em questão se junta a outros tantos de cobrança abusiva no valor da conta de energia que tem lesado consumidores da zona rual de Granja. 

Os titulares buscam correção do valor através de reclamações administrativa diretamente na empresa Enel, porém, alguns casos precisam apelar a justiça para terem reparação do valor cobrado. 

André Martins

Um comentário: