sábado, 28 de março de 2020

Camocinenses tentam driblar à crise e voltar a rotina

O grande dilema da população como um todo hoje é: como adotar medidas de prevenção ao coronavírus e voltar a rotina normal de trabalho e de convivência mútua. Na manhã deste sábado, 28, o camocinense saiu de casa para ir às compras de alimentos e bens de consumo essenciais. O clima ainda é de quarentena e lojas fechadas. 

Pressionado pelas entidades ligadas a indústria e comércio para determinar a volta a normalidade, o Governador Camilo Santana prometeu decidir até domingo se prorroga ou não o decreto que proíbe atividades de setores do comércio que estão paradas. 

O sábado será de reuniões internas na sede do governo do Ceará para deliberar sobre o tema. 

Enquanto isso, vigora o regime de quarentena em Camocim e no resto do estado com medidas restritivas para a circulação. 

André Martins

Nenhum comentário:

Postar um comentário