terça-feira, 7 de abril de 2020

Coronavírus: Exercícios físicos ao ar livre em Camocim estão permitidos na quarentena

Se a prática de exercícios físicos  é uma recomendação geral dos médicos, a medida se torna ainda mais importante durante a pandemia de coronavírus. As atividades físicas ajudam a fortalecer o sistema imunológico, o que faz com o que o corpo produza respostas mais rápidas e eficazes a organismos invasores, caso do Covid-19.
É importante levar em conta, no entanto, as recomendações das autoridades de saúde para evitar a propagação da doença, entre elas a de não sair de casa. Uma alternativa é utilizar apps fitness com treinos e exercícios que podem ser feitos em qualquer lugar.
“Os hábitos de vida saudável devem ser seguidos a todo momento. Nós precisamos de um sistema imunológico competente para combater as infecções no momento certo, como o coronavírus. Não existe nenhuma recomendação para interromper os exercícios físicos, pelo contrário, deve-se manter a saúde e os hábitos saudáveis principalmente neste momento”, explica o infectologista Pablo Sebastian.
O sistema imunológico serve como uma proteção. Ele representa a defesa de nosso corpo contra doenças, vírus e bactérias. Por este motivo, é necessário mantê-lo forte, e a atividade física, uma boa alimentação e a hidratação são os principais responsáveis por este processo.
Segundo alguns estudos, a prática de atividade física deixa mais eficiente os linfócitos T, células entre as principais em todo o trabalho de imunidade do corpo contra processos infecciosos. Em períodos como o atual, é ainda mais importante que o exercício seja realizado ao ar livre, desde que evite aglomerações, já que em ambientes fechados a contaminação ocorre mais facilmente.
A prática deve seguir as recomendações das autoridades de saúde locais. Em São Paulo, por exemplo, os parques foram fechados e a nova recomendação é que as pessoas não deixem seus lares.
“É fundamental que todos prefiram as atividades ao ar livre, pois estamos passando por uma fase de transmissão comunitária do vírus, em que as pessoas mesmo sem um contato físico, podem ser infectadas”, defende o infectologista.
É preciso, no entanto, tomar cuidado com a intensidade e o volume dos exercícios durante períodos como atuais, já que o excesso de esforço pode acabar tendo o efeito contrário e ocasionando um enfraquecimento do sistema imunológico.
“O que pode ser prejudicial é a prática esportiva em excesso, pois você pode debilitar seu sistema imunológico. Então, para não piorar sua imunidade, aposte em uma alimentação balanceada, hidrate-se corretamente e faça atividades físicas controladas”, recomenda o infectologista Bruno Cavellucci.

Cuidados básicos para a prática esportiva durante a pandemia: 

  • Prefira exercícios ao ar livre
  • Se o treino for feito em academia, use álcool gel 70% e lenços de papel para higienizar os aparelhos, antes e depois de usá-los;
  • Lave bem as mãos com água e sabão sempre que possível;
  • Evite tocar o rosto, especialmente mucosas, boca, nariz e olhos – mesmo após o uso do álcool gel ou após lavar suas mãos;
  • Não compartilhe objetos de uso pessoal como garrafas de água e toalhas de rosto, além de talheres.
  • Mantenha-se hidratado, com uma dieta equilibrada e atividade física regular para fortalecer o sistema de defesas do organismo.
  • Ao tossir ou espirar, cubra sempre com o braço ou com lenço de papel (descarte imediatamente após o uso). É importante não utilizar às mãos, pois terão contato com aparelhos e outras superfícies.
  • Evite revezamento de aparelhos na academia.

Nenhum comentário:

Postar um comentário