sexta-feira, 24 de abril de 2020

Morre aos 89 anos, João Claudino, empresário fundador do Armazém Paraíba

O empresário João Claudino Fernandes morreu aos 89 anos de idade, nesta sexta-feira (24), em Teresina.
O co-fundador do Grupo Claudino, conglomerado com 13 empresas que empregam mais de 15 mil funcionários, estava doente há algum tempo e faleceu em consequência de problemas cardíacos e outras comorbidades. As cerimônias de velório e enterro foram restritas à família por causa da pandemia de Covid-19, doença provocada pelo novo coronavírus.
João Claudino abriu o Armazém Paraíba em Teresina no ano de 1968. Ao longo de mais de 50 anos de trabalho no ramo empresarial, o empresário se tornou dono de uma das maiores redes varejistas do país, a maior do Norte-Nordeste, com lojas no Piauí, Maranhão, norte do Ceará, oeste da Bahia, Pernambuco e norte de Tocantins.
Carro-chefe do Grupo Claudino, o Armazém Paraíba foi a quarta maior loja de departamentos do Brasil no ranking “300 Maiores Empresas do Varejo Brasileiro 2019”, organizado pela Sociedade Brasileira de Varejo e Consumo (SBVC). A empresa piauiense, com 350 lojas, ficou atrás das Lojas Americanas, B2W Digital e Havan. Pelo ranking, o grupo faturou mais de R$ 5 bilhões (R$5.460.000.000,00).
O empresário era pai do ex-senador João Vicente Claudino (PTB), no cargo de 2007 a 2015, e ainda de outros quatro filhos, Cláudia Maria, João Júnior, Alayde Christine e João Marcello.

Leia a matéria completa no G1/PI desta sexta-feira, 24. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário