quarta-feira, 1 de abril de 2020

Prefeita de Camocim encerra estágio remunerado que beneficiava estudantes universitários

O cenário de crise econômica gerado pelas consequências da pandemia de coronavírus ganhou um agravante ontem em Camocim. Em portaria do poder executivo publicada nesta terça-feira, 31, a Prefeita Mônica Aguiar suspende programa de estágio remunerado que beneficiava cerca de 390 alunos universitários na área da educação. 

O documento cita o "estado de emergência em saúde pública decorrente do novo coronavírus" para justificar a supressão da bolsa de estágio ofertada pela secretaria de educação municipal. 

O artigo 2 da portaria, porém, considera que uma vez cessado o período do estado de emergência poderá o órgão administrativo convocar ao retorno as atividades o estagiário. 

A decisão de suspender a bolsa remunerada pegou de surpresa os 390 universitários de baixa renda que recebiam até um salário mínimo pela função. O que na maioria dos casos vem a ser o único rendimento financeiro desses jovens. 

A consequência é menos dinheiro circulando na cidade e mais incerteza sobre o futuro. Nada é tão ruim que não possa piorar. 

André Martins/Colaboração Miqueias Santos

Nenhum comentário:

Postar um comentário