quarta-feira, 6 de maio de 2020

Com aumento nos casos de Covid-19, afastam-se as chances de reabertura da Democrata Camocim

Diante dos novos números de coronavírus em Camocim, revelados esta semana pela Secretaria de Saúde municipal, as possibilidades de reabertura, agora, da atividade industrial da Democrata Calçados se tornam remotas. O município revolveu seguir as diretrizes do estado nas medidas de restrições de circulação. 

Embora a diretoria da marca esteja pronta para retomar operação de forma gradual, as medidas impostas pelo Governo impede a reabertura no momento. 

A Democrata já teria iniciado a requisição das carteiras de trabalho de pelo menos 250 funcionários demitidos no início de abril que serão recontratados para voltar as funções. 

Pelo acordo firmado entre sindicato e empresa, logo ao retorno da empresa, a prioridade de recontratação fica para os demitidos no último dia 6 de abril por conta da crise gerada pela pandemia. 

A maior empregadora do setor privado de Camocim, aguarda as novas diretrizes do Governo para retomar sua produção de calçados. 

André Martins 

Nenhum comentário:

Postar um comentário