quarta-feira, 10 de março de 2021

Juíza de Camocim determina transferência imediata de paciente com Covid-19 internado na UPA para uma UTI

 

A  Defensoria Pública do Estado do Ceará em Camocim, em favor do idoso Luciano Pessoa Navarro Veras, ingressou com uma Ação de Fazer, com pedido urgente de liminar, para que o Estado do Ceará forneça uma vaga de UTI  para o paciente, que tem 73 anos e foi diagnosticado com Covi- 19.  A juíza substituta da 2ª vara da Comarca de Camocim, Josilene de Carvalho Sousa atendeu o pedido e determinou que o Estado, em 24h, providencie o leito. 

O paciente está internado na UPA de Camocim desde o dia 02 de março, esperando transferência para a UTI, com o quadro de saúde evoluído com piora clínica com risco de morte. Porém, todos as UTIs do Estado do Ceará estão, praticamente, lotados, nessa segunda onda da Covid-19.

Recentemente um vídeo circulou nas redes sociais mostrando várias ambulâncias do SAMU com pacientes,  em fila, esperando vagas em leitos de uma hospital de Fortaleza.  Também já existe registro  de pacientes com Covid-19, que morreram em filas dentro do SAMU, em Sobral. 

Para o Defensor Público da Comarca de Camocim, Edmar Lopes, "faltam leitos sim, mas há estrutura e orçamento do Estado do Ceará para aumentar o número de leitos". 

A sentença da Juiza, "serve também para dar ciência a população da dificuldade de conseguir leito mesmo com decisão judicial". Destacou o Defensor, informando que se encerra amanhã, dia 10, o prazo estabelecido pela Justiça. 

Via Revista Camocim

Nenhum comentário:

Postar um comentário