terça-feira, 18 de maio de 2021

Camocim suspende vacinação em gestantes com AstraZeneca após recomendação do Ministério da Saúde

Após anunciar o avanço para a terceira fase do plano de imunização contra a Covid-19, o município de Camocim vai seguir a recomendação do Ministério da Saúde e decidiu suspender a vacinação de gestantes e puérperas (mulheres 45 dias após o parto) com o imunizante da AstraZeneca temporariamente. 

Apenas pessoas com síndrome de down, com comorbidades, deficientes e doenças renais crônicas serão contemplados nesta fase. 

Na última semana, o Ministério da Saúde recomendou juntamente com a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) a interrupção da vacinação em grávidas após efeito adverso ser notificado. Os órgãos de saúde investigam a morte de uma gestante após tomar a vacina da Oxford, em Santa Catarina. As circunstâncias estão sendo apuradas. 

André Martins

Nenhum comentário:

Postar um comentário