quarta-feira, 16 de junho de 2021

Após recuperar-se de infecção alimentar, comerciante Osmar Parente volta a rotina normal

O empresário de Camocim, Osmar Parente, proprietário de uma papelaria, comemora sua recuperação e aos poucos retorna sua rotina normal. Ele enfrentou momentos difíceis ao contrair uma infecção alimentar causada por uma toxina presente em um pescado que ele ingeriu. 

Osmar deu entrada em uma unidade hospitalar em Sobral na primeira quinzena de maio após sentir dores pelo corpo. Os sintomas eram compatíveis com a doença de Half ou doença da urina preta como é chamada. 

Após submeter-se ao tratamento específico para o caso, o paciente então reagiu bem e obteve melhora considerável recebendo alta hospitalar dias depois. 

Uma corrente de oração foi iniciada pela família e amigos de Osmar que se mobilizaram rapidamente. Até, então, uma doença misteriosa e rara causada por um alimento tão consumido por camocinenses que é o peixe da espécie Arabaiana se transformar num pesadelo era algo impensável. 

Hoje, de volta a rotina, Osmar ainda monitora seu estado de saúde e segue as orientações médicas para os cuidados necessários. 

Por outro lado, fica o alerta a partir da situação enfrentada por Osmar: qual a procedência do pescado que nós consumimos diariamente ? O município e os órgãos de controle precisam realizar uma inspeção no tipo de Arabaiana comercializada em Camocim e proceder com uma investigação mais aprofundada sobre os riscos que oferece a Doença de Half. 

O primeiro passo seria a notificação do caso para servir de estudo e alerta. Não conhecemos o risco dessa doença, porém, as consequências dela podem ser fatais para a saúde humana. 

Osmar Parente agradece a Deus por sua recuperação e as orações de todos. 

André Martins

Nenhum comentário:

Postar um comentário