terça-feira, 1 de junho de 2021

Tarifa de energia fica mais cara a partir de hoje, 1º de junho

O patamar 2 da bandeira vermelha será acionado a partir de hoje (1º), anunciou a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) anunciou na sexta-feira (28). Isto representa um custo de R$ 0,06243 a mais para cada quilowatt-hora (kWh) consumido, fazendo com que as contas de energia fiquem mais caras.

Segundo nota da Aneel, o mês de maio foi o primeiro da estação seca nas principais bacias hidrográficas do Sistema Interligado Nacional (SIN) e registrou "condições hidrológicas desfavoráveis".

Na sexta, o Sistema Nacional de Meteorologia emitiu um alerta conjunto de emergência hídrica para a área da Bacia do Paraná, que abrange os estados de Minas Gerais, Goiás, Mato Grosso do Sul, São Paulo e Paraná. 

O mês de junho vai começar com os principais reservatórios do SIN em níveis mais baixos do que o ideal para esta época do ano, o que tende a significar redução da geração de energia por hidrelétricas e o aumento da geração por termelétricas, o que encarece o custo da produção.

"Essa conjuntura pressiona os custos relacionados ao risco hidrológico (GSF) e o preço da energia no mercado de curto de prazo (PLD), levando à necessidade de acionamento do patamar 2 da Bandeira Vermelha. O PLD e o GSF são as duas variáveis que determinam a cor da bandeira a ser acionada", informa a nota. (Via DN)

Nenhum comentário:

Postar um comentário