quinta-feira, 12 de agosto de 2021

Proprietário do Fortim do Eva Camocim encerra de vez eventos com música ao vivo no restaurante

O empresário Evamar Silva, proprietário dos restaurantes do Fortim do Eva, anunciou em vídeo na noite desta quarta-feira, 11, o fim das apresentações musicais ao vivo no estabelecimento de Camocim. 

O motivo, segundo Evan, é a quantidade de denúncias feitas por um de seus vizinhos a polícia sob a alegação de perturbação do sossego alheio. 

Na noite desta quarta-feira teria acontecido novamente. Uma equipe polícia teria sido acionada para o local para coibir o funcionando do som. 

Diante do exposto, Evamar decidiu acabar com as festas no local. “Quem quiser frenquentar o restaurante será por conta da nossa comida e bebida.” Disse o comerciante. Ele deixou claro que a polícia não tem culpa dos episódios. “Estão apenas cumprindo seu papel quando são chamados”. 

“Estou de saco cheio de encerrar meus eventos por ordem policial e ser conduzido até a delegacia. Tenho uns doze TCO’s (termo circunstanciado de ocorrência) contra mim. Não sou bandido. Sou um trabalhador e gero emprego na minha cidade.” Foram algumas das palavras de Evamar. 

André Martins

Um comentário:

  1. Gerar empregos na cidade não torna ninguém acima da lei,e muito menos permite ultrapassar os limites dos direitos alheios. O restaurante está em área residencial. Ninguém é obrigado após um longo dia de trabalho, entrar a noite ouvindo músicas de gosto duvidoso,alagazarra de bêbados. Se quer ter uma casa de show, escolha o local adequado.

    ResponderExcluir